26 de jun de 2014

Resenha: Quarto Escuro - Claudia Taulois

Livro: Quarto Escuro
Autora: Claudia Taulois
Editora: All Print
Páginas: 288
Sinopse: Dois adolescentes se conhecem através de um sequestro equivocado. Jovens, com vidas e realidades sócio econômicas, totalmente diferentes, acabam se apaixonando. Durante toda a trajetória de suas vidas até a fase adulta, lutarão contra esse sentimento que, no entanto, mostra-se mais forte que tudo. Através de uma história dinâmica e romântica, questões fundamentais como violência, sexo, sonhos, amor, realizações e valores familiares, são debatidas. De uma forma geral, os elementos reais da vida de todo ser humano são transportados para a narrativa, onde encontro de almas prova que para o verdadeiro amor, nada é impossível.


Quando comecei a leitura desse livro, achei que iria me decepcionar, o começo é meio "chato" digamos assim, kk, mas não desisti, e não me arrependi, eu adorei.


"A gente encontra nossa cara metade uma vez nessa vida! Não importa se aos 15 ou aos 50. Quando acontece é para sempre ..."

A história começa com uma jovem de nome Claudia se arrumando para levar sua irmã, Flávia, à uma festa, e depois, ir ao cinema com seu namorado. Após prontas, elas saem para seus destinos, mas nada sai como planejado, elas acabam sendo sequestradas por dois caras, colocadas cada uma em um porta malas. Elas ficam presas em um quarto escuro de uma casa que não sabem nem onde fica.

O mais estranho é que ambas são muito bem tratadas pelos sequestradores, a partir disso, Claudia pensa que eles não são más pessoas, que devem ter algum motivo para fazerem algo assim. Então, Claudia acaba sentindo certa atração por um dos sequestradores, um rapaz de nome Eduardo, que também acaba sentindo o mesmo por Claudia, eles até conversam, e essa conversa ajuda Eduardo a pensar sobre o que estão fazendo, e ele acaba não querendo mais continuar com tudo aquilo e está disposto a convencer sua família do mesmo. E é aí que algo inesperado acontece, mas não vou falar para vocês para não acabar a surpresa.

As garotas são soltas, não posso explicar como senão acaba a surpresa, haha. Alguns dias após isso, são pegos dois suspeitos do sequestro das meninas e elas são chamadas para confirmarem se são eles mesmos, e elas dizem que não, elas livram eles da cadeia.


"O poder do amor é maior que tudo e é este o sentimento que deve nos guiar. Não o ódio, a vingança, a dor. O amor constrói e o ódio destrói. Essa menina passou por cima do que nós lhe fizemos em nome disso. Ela não pensou em se vingar. Isso é maravilhoso!"

Os anos vão se passando, mas Claudia e Eduardo jamais esquecem um do outro. Claudia constrói uma família, e ao saber sobre isso, Eduardo, que após o sequestro mudou seu nome para Felipe, não fica feliz, pois uma de suas metas era se casar com ela assim que se estabilizasse na vida, e isso já não seria mais possível.


"Era um amor que já começou condenado e eles precisavam esquecer. O problema é que o tempo parecia mostrar-lhes que não se pode fugir do que nos foi designado. O verdadeiro amor vai nos acompanhar por toda a vida. Se vamos vivê-lo é outra história."

Depois de longos anos, uma traição acaba mudando as coisas. E como muda, haha! Eles acabam se encontrando lá no finzinho do livro, e o que a gente mais torce desde o início do romance deles acaba acontecendo.


"- Você veio cobrir o Congresso?
-Não, vim por você. Não dava mais para esperar o destino querer nos colocar cara a cara. Resolvi fazer meu próprio destino."

Coisas muito interessantes acontecem nesse livro, é uma trama bem escrita que vai prendendo o leitor aos poucos. Eu gostei muito e aconselho todos a lerem. É um romance jovem que vai até a vida adulta e que, por mais que ambos tentem negar seus sentimentos, eles jamais mudaram mesmo com todos os anos que se passaram.


"Eu demorei mais tempo do que imaginava, mas estou realizando hoje a última coisa que faltava para completar a minha lenda pessoal. Nada mais poderá me abalar e me impedir de ser feliz agora."



Um comentário: