8 de jun de 2014

Resenha: Herdeiro da Névoa - Raquel Pagno

Livro: Herdeiro da Névoa
Autora: Raquel Pagno
Editora: Chiado Editora
Páginas: 256
Sinopse: Inácio Vaz mal podia acreditar no sonho que se realizava. Acabara de chegar à Paris com algumas moedas no bolso e a grande vontade de se tornar advogado. Depois de ser surpreendido pela beleza de Chloé Champudry, enquanto esperava pela entrevista que lhe garantia a bolsa de estudos na Sorbonne, e encantado pela garota dos cabelos de fogo, trocara equivocadamente Direito por Artes, para poder estar em sua companhia.
Desesperado por ter abdicado do sonho, Inácio descobre que seu nome não consta em nenhuma das listas de matrículas. Disposto a esclarece o mal entendido, não perceber que seus documentos foram trocados. O rosto na foto é seu, mas o nome, de outro. Stephen, seu colega de quarto, tenta convencê-lo a assumir a nova identidade. Os documentos pertencem ao herdeiro da dinastia Roux, um milionário desaparecido sem deixar rastros. Preso em um leque de mentiras e suspense, Inácio trava uma luta com sua própria consciência, enquanto apaixonado, procura pela garota que lhe roubara o coração.



"Por quem você venderia sua alma?
Tal indagação me soaria estranha até há pouco tempo."

Antes de começar a leitura do livro, admito que o nome me levou a pensar que falar sobre outra coisa, mas assim que iniciei ele, percebi o quão diferente era do que eu imaginava, haha.

A princípio conhecemos Inácio Vaz, um pobre coitado que tem um grande sonho: ir a Paris, estudar Direito e se formar lá. Assim, acaba indo à Paris com o intuito de realizar este sonho. 

Então, chegando a universidade Sarbonne, acaba dando de cara cara com uma bela mulher, que mexe com o jovem Inácio, essa mulher se chama Chloé. Encantado por essa mulher, quando foi chamado para a entrevista para que o avaliassem, ao perguntarem sobre o curso que pretendia cursar, sem querer ele acabou falando Artes.

"Tão logo calei-me, percebi o terrível erro. Estive tão concentrado em Chloé, que meus sentidos me traíram. Eu abdicara de meu sonho, para seguir o destino que me aguardava junto a outro sonho, mais recente e mais ardente, que me tentara na saleta das audições. Rezei secretamente para que Chloé também tivesse sido aceita."

Aturdido com o que acaba de acontecer, decide voltar para a pensão, disposto também à escrever uma carta a seu pai contando sobre o que havia acontecido. Ma antes pediu conselhos a seu colega de quarto, Stephen, que não pareceu surpreso quando Inácio lhe contou sobre tal burrada cometida, e recusou em ajudá-lo, que a responsabilidade era de Inácio e saiu as gargalhadas.

Ao descobrir que seu nome não consta em nenhum dos cursos da universidade, mas sim o nome de um tal de François Roux, que é a copia exata de Inácio, ele acha que deve ter trocado seus documentos e por isso esta confusão.

Então ele resolve pedir ajuda a Stephen, e ele o incentiva a continuar com isso, assumir que é o François Roux, assim ele o faz. 

Desde de ter visto Chloé pela primeira vez, não consegue esquecer a mulher que roubou seu coração. Mas a algum tempo, Chloé foi dada por morta, mas Inácio não acredita, e como poderia? Se ele se encontra com ela, se a toca e a beija? Como poderia estar morta?

Segredos e mais segredos rondam este livro, pessoas que a princípio eu achei que jamais seriam capazes de tais coisas, me provaram que eu estava enganada. 

Herdeiro da Névoa é aquele livro que você lê e diz: porque eu não o li antes?. A trama é muito bem feita, assim como os personagens. Eu me senti na história, e adorei isso. Apoiei algumas ações de alguns personagens, quis esganá-los em outros momentos, mas este é o tipo de livro que te prende, e você fica a cada palavra lida, querendo saber o que acontece depois e depois, te deixando com aquele gostinho de curiosidade.

"Ainda levaria muito tempo para que eu começasse a compreender a história da minha verdadeira vida. O meu mundo desmoronara assim que a verdade viera à tona. Tudo o que eu conhecia se transformara inesperadamente, dando lugar a uma realidade estarrecedora com a qual eu não conseguia lidar."

Raquel Pagno, eu deixo os parabéns à você e agradeço por ter criado um livro que te deixa com gostinho de quero mais. Eu realmente amei.


6 comentários:

  1. Jéssica, muito obrigada pela resenha! Fico muito feliz que tenha gostado. :D
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Caramba! Como eu não conhecia esse livro? Onde ele estava escondido esse tempo todo?
    Parece ser um tipo de livro que realmente vai me encantar. Curti muito a indicação!

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha, é ótimo o livro. Obrigada e Beijos

      -Jéss

      Excluir