20 de abr de 2014

Resenha: Desastre Iminente - Jamie McGuire

Livro: Desastre Iminente
Autor: Jamie McGuire
Editora: Verus Editora
Páginas: 405
Sinopse: Travis perdeu a mãe muito cedo, mas, antes de morrer, ela lhe ensinou duas regras de vida: ame muito, lute mais ainda. Tendo crescido em uma família de homens que gostam de jogos e lutas, Travis Maddox é um cara durão. Musculoso e tatuado, bad boy até o último fio de cabelo, ele leva uma mulher diferente para casa a cada noite. Até conhecer Abby Abernathy...  Determina a se manter longe de problemas, Abby resiste com todas as forças ao charme de Travis, sem saber que assim só o deixa mais determinado a conquistá-la. Será que o invencível Travis "Cachorro Louco" Maddox vai ser derrotado por uma garota? 



Travis é um badboy duro na queda, com um forte temperamento e que compra briga por todos os lugares em que passa. Como se não bastasse, ele é um verdadeiro sedutor, que não está nem um pouco interessado em relacionamentos, mas que faz questão de passar as noites com as mulheres atiradas que cruzam seu caminho, descartando-as em seguida. Tudo muda quando Abby Abernathy cruza seu caminho. De uma maneira inexplicável, Travis se vê ligado de alguma maneira a Abby e não consegue ficar longe dela. Disposto a arriscar muito para ter Abby por perto, a única garota que o rejeitou em toda sua vida, ele propõe uma aposta: se ela perder, terá de ficar um mês em seu apartamento; se ele perder, terá de passar um mês sem sexo.
Assim como o seu antecessor, Desastre Iminente tem um ritmo alucinante. Cheio de diálogos, a leitura flui maravilhosamente bem, empolgando e conquistando aqueles que se atravem a espiar o lado de Travis nesse romance. Jamie McGuire se saiu muito bem dando voz a um personagem masculino, e conseguiu seguir sua receita sem erros, e sem comprometer o tom eletrizante do personagem nenhuma vez em suas 408 páginas.


"Abutres de merda. Eles podem esperar você por hora. Dias. Noites também. Olhando fixamente através de você, escolhendo que partes suas vão arrancar primeiro, que pedaços serão os mais doces, os mais macios, ou simplesmente que parte será mais conveniente.                                                                                  O que eles não sabem, o que nunca previram, é que a presa está fingindo. Os abutres é que são fáceis. Justamente quando eles pensam que tudo que têm de fazer é ser pacientes, relaxar e esperar que você se acabe, é nessa hora que você ataca. É nessa hora que você saca a arma secreta: a completa falta de respeito pelo status quo, a recusa a ceder á ordem das coisas."
Um dos pontos mais interessantes dessa experiência é, sem dúvidas, observar quais pontos do relacionamento de Abby e Travis foram relevantes para ele, coisas que Abby narrou em Belo Desastre mas que, por algum motivo, não tiveram relevância para Travis. Senti falta de uma ou duas cenas que gostei bastante no primeiro livro e que não estavam presentes nesse, mas compreendi porque ficaram de fora. Para compensar, Jamie McGuire incluiu um prefácio e um epílogo emocionantes na obra, que vão arrancar lágrimas e sorrisos de muita gente por aí…
Posso dizer que foi muito bom finalmente compreender o lado do Travis e  um pouco do seu amor insano por Abby que, eu confesso, me assustou um pouco ao ler Belo Desastre. Também é bastante empolgante enxergar através dos olhos do personagem todas as suas lutas no Círculo, e ver como ele realmente tira de letra o que faz!  Tive receio de que o livro acabasse sendo muito repetitivo, mas me surpreendi com o talento da autora.  De fato, Jamie McGuire tem a fórmula do sucesso!
Recomendo esse livro para todos. Ter lido ou não Belo Desastre não fará diferença. Claro, se você tiver a chance de ler ambos, será excelente, mas a ordem dos fatores não irá alterar o produto. A minha dica é: reserve um dia ou dois para se dedicar a essa obra, pois assim que você começar, não irá querer parar. E, claro, seu coração nunca mais será o mesmo depois de Travis Maddox.



Postado por Larissa Maciel

Nenhum comentário:

Postar um comentário